sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Casamento homossexual

Hoje o dia fica marcado pela aprovação no Parlamento do casamento entre duas pessoas do mesmo sexo!!!
E chumbado a proposta de referendo!!!! 

As minhas palavras sobre este assunto : ATÉ QUE ENFIM!!!!! 

Estamos a dar um passo em frente tanto na nossa mentalidade como na nossa actualidade!
Sempre fui a favor do casamento e da adopção de crianças por pessoas do mesmo sexo!

Não somos ninguém para dizer que o casamento é só sobre 2 pessoas de sexos opostos e que só eles é que podiam ter ou adoptar filhos.

O que importa é o amor que as pessoas sentem uma pela outra e ninguém tem nada a opinar sobre esse assunto!

A educação de uma criança passa por amor e dedicação e isso é incutido pelos valores dos pais e da família. Não interessa se a criança tem 2 mães, 2 pais ou um pai e uma mãe! Interessa é que a mesma seja feliz!!!

O que não foi aprovado foi a adopção de crianças, mas espero que esteja para breve! 


Por isso a todos os casais homossexuais, as minhas felicitações e façam o favor de serem felizes!!!!

2 comentários:

Nataxxa disse...

Eu não sou contra mas também não sou 100% a favor, no que diz respeito à adopção.
Quanto ao casamento, estou-me nas tintas. Cada um casa, gostas ou desgosta de quem bem entender. Por isso, se eles ou elas querem casar, é-me indiferente. Só acho curioso que agora é "moda" os casais heterosexuais não se casarem e só vivem juntos e estes quase que fazem "birra" só para puderem casar. Em todo o caso, é-me igual ao litro.
Quanto à adopção de crianças, já nem vou pela questão de terem ou não amor e carinho para dar porque ter um filho não se faz de ânimo leve e se eles querem mesmo quando fisiologicamente não poderiam ter juntos, é porque gostam. Quanto à capacidade de tratar das crianças, também é muito relativo e acho que qualquer pessoa pode não ter jeito. Agora a questão das "pressões" a que as crianças estão sujeitas na escola, porque gozam com elas, etc. acho que são uma questão a ter em conta por quem adopta.

... disse...

concordo plenamente com a Nataxa!

Enviar um comentário